Como planejar e executar metas.

Profissionais que estudam a relação entre trabalho e satisfação pessoal são taxativos ao afirmarem que organização e definição de metas estão diretamente relacionadas ao sucesso dentro da profissão.

Na teoria, organizar-se é um passo mais simples. O que torna o processo complexo é a definição de metas, exigindo uma análise macro de toda uma vida.

Isso por que, para executar metas, há de se visualizar quatro situações envolvendo prazos que são de extrema importância: longo prazo, médio prazo, curto prazo e prazo diário.

Planejar o futuro.

Estar focado na realização de seus desejos futuros é o primeiro passo para a realização de metas.

É o que indica Mônica Portella, psicóloga e diretora do PSO+ Consultoria e Educação. Saúde profissional (trabalho e estudo), afetiva (relacionamento, família, amigos), de lazer (física, emocional e mental) e patrimonial (investimentos, imóveis, carro) em bom estado formam a sintonia ideal para a realização das metas.

Executar o presente.

Sonhos profissionais e pessoais são intrínsecos. Cada um tem o seu. Diferenciar as estratégias de longo e médio prazo das de curto prazo é um caminho interessante para alcançar as metas. Tal como plantar no presente para colher no futuro.

O dia a dia impõe novos desafios frequentemente. É preciso estar sempre atento, identificando objetivos de curto prazo. Técnicas organizacionais como post-its e tabelas em aplicativos mobile podem ajudar nesse sentido.

Planejar, executar, atingir as metas. Na longa jornada que engloba estes três fatores, existem inúmeras possibilidades de erros profissionais. Estar protegido contra eles com um seguro sólido, abrangente e que usa a tecnologia para facilitar torna mais tranquilo o caminho para o sucesso.