Arquiteto: uma breve análise do mercado no Brasil.

A pesquisa realizada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) em 2013 não deixa dúvidas: cada vez mais formam-se arquitetos no país. No mesmo ano, foram registrados mais de 111 mil profissionais no ramo, um crescimento de 12% em relação à 2012. São aproximadamente 0,55 para cada mil habitantes, equivalência semelhante ao de países desenvolvidos.

O mercado brasileiro.

Entre as 5 regiões do país, a que recebe o maior número de arquitetos é o Sudeste (cerca de 60 mil profissionais). Respectivamente, Sul (22 mil), Nordeste (13 mil), Centro-Oeste (8 mil) e Norte (3 mil), vêm longo atrás. Em questão de gênero, 61% dos profissionais são homens, e 39% mulheres.

Ao longo da história Oscar Niemeyer, Lúcio Costa, Aleijadinho e muitos outros tiveram importância intrínseca para a construção da arquitetura brasileira. Mas será que eles estavam satisfeitos com a profissão em suas épocas?

Hoje, 70% dos entrevistados avaliam positivamente a atuação na área. E mais: se mostram otimistas em relação às perspectivas de futuro. Cerca de 58% dos entrevistados acreditam que o mercado continuará ascendendo, e 72% creem que os campos profissionais vão se expandir cada vez mais para áreas como projetos inovadores, sustentáveis e de urbanismo.

Todos os dados são do Censo do CAU/BR.

Adptação às novas tendências.

Já mostramos aqui no blog a importância dos arquitetos para a formação de um mundo mais sustentável, através dos chamados Edifícios Verdes e de condições favoráveis aos deficientes. Estas são apenas algumas práticas que têm levado arquitetos a diferenciarem-se profissionalmente.

Práticas tão eficientes quanto, são as adaptações às novas tendências. Desfrutar de um pensamento constantemente analítico, utilizando os meios mais convenientes e modernos de atuação é um bom exemplo de prática eficaz. Outro exemplo, é estar sempre ligado às novas tecnologias. E é neste contexto que Protector se insere.

Protector é um seguro de Responsabilidade Civil Profissional, que protege os Arquitetos contra possíveis erros em suas profissões. Com o aplicativo Meu Protector, é possível notificar sinistros, e acessar, de onde quer que esteja, a cobertura contratada. Além disso, Protector conta com uma Sala de Emergência, onde você pode tirar qualquer dúvida com um técnico especializado em RC Profissional.

Para contratar é simples: 5 minutos bastam. Clique aqui, conheça o Protector Engenheiros e Arquitetos, e trabalhe com tranquilidade.